Segunda-feira
01 de Junho de 2020 - 

Controle de Processos

Insira seu usuário e senha para acesso ao software jurídico
Usuário
Senha

Notícias

Cotação Monetária

Moeda Compra Venda
DOLAR 5,43 5,43
EURO 6,03 6,03
LIBRA ES ... 6,68 6,69
PESO (ARG) 0,08 0,08
PESO (URU) 0,13 0,13

Cotação da Bolsa de Valores

Bovespa 0,92% . . . . . . .
S&P 500 0,31% . . . . . . .
Dow Jone ... % . . . . . . .
NASDAQ 0,02% . . . . . . .

Previsão do tempo

Hoje - Campinas, SP

Máx
25ºC
Min
10ºC
Parcialmente Nublado

Terça-feira - Campinas, SP

Máx
21ºC
Min
13ºC
Poss. de Panc. de Ch

Quarta-feira - Campinas, SP

Máx
24ºC
Min
12ºC
Parcialmente Nublado

Quinta-feira - Campinas, SP

Máx
25ºC
Min
15ºC
Parcialmente Nublado

TJSP determina retomada de obras na Rodovia dos Tamoios

Concessionária deverá adotar novas medidas.          A 5ª Câmara de Direito Público do Tribunal de Justiça de São Paulo determinou, em agravo de instrumento julgado na quinta-feira (26), a retomada das obras de duplicação da Rodovia dos Tamoios. Também foi determinada a adoção de medidas de segurança entre os funcionários da obra com o intuito de evitar a disseminação da Covid-19, sob pena de multa diária de R$ 10 mil. De acordo com a relatora, juíza substituta em segundo grau Heloisa Martins Mimessi, para a suspensão da eficácia da decisão anterior considerou-se a probabilidade de provimento do recurso e o risco de dano grave, de difícil ou impossível reparação.         Assim, o entendimento na segunda instância foi de que, neste momento de pandemia, prevalece normativa estadual que excetua da medida de quarentena a atividade de construção civil que não abranja atendimento presencial ao público, como é o caso dos autos. “As medidas de limitações devem ser articuladas com o poder público estadual e a Artesp, não cabendo, ao menos nesta fase de cognição sumária, a imposição de suspensão das atividades em comento isoladamente pelo Município”, disse.         Sobre o risco de dano grave, de difícil ou impossível reparação, a magistrada falou que as obras públicas em rodovias são essenciais para o trânsito de pessoas e cargas, necessário à disponibilização de insumos imprescindíveis à cadeia produtiva e ao funcionamento de outros serviços. “A pandemia causada pela Covid-19 vem exigindo ações fortes e que tentam acompanhar a rapidez com que o vírus se propaga”, afirmou.        No entanto, Heloisa Martins ressaltou que a concessionária não vinha adotando medidas voltadas a impedir aglomerações, tanto no transporte dos funcionários, como nos refeitórios. “Como medida de cautela, determina-se que, além das medidas de segurança já adotadas, as agravantes deverão, de imediato, evitar as aglomerações dos funcionários nos canteiros de obra, nos refeitórios e no transporte, respeitando as distâncias preconizadas pelas autoridades de saúde, se necessário impondo horários diferenciados de transporte e intervalos para refeições, e implementando medidas de orientação e fiscalização nesse sentido, devendo ainda fornecer marmitas e talheres descartáveis”, concluiu.         Agravo de instrumento nº 2056177-52.2020.8.26.0000                 imprensatj@tjsp.jus.br           Siga o TJSP nas redes sociais:         www.facebook.com/tjspoficial         www.twitter.com/tjspoficial         www.youtube.com/tjspoficial         www.flickr.com/tjsp_oficial         www.instagram.com/tjspoficial
27/03/2020 (00:00)
Visitas no site:  2692206
© 2020 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia