Segunda-feira
01 de Junho de 2020 - 

Controle de Processos

Insira seu usuário e senha para acesso ao software jurídico
Usuário
Senha

Notícias

Cotação Monetária

Moeda Compra Venda
DOLAR 5,43 5,43
EURO 6,03 6,03
LIBRA ES ... 6,68 6,69
PESO (ARG) 0,08 0,08
PESO (URU) 0,13 0,13

Cotação da Bolsa de Valores

Bovespa 0,92% . . . . . . .
S&P 500 0,31% . . . . . . .
Dow Jone ... % . . . . . . .
NASDAQ 0,02% . . . . . . .

Previsão do tempo

Hoje - Campinas, SP

Máx
25ºC
Min
10ºC
Parcialmente Nublado

Terça-feira - Campinas, SP

Máx
21ºC
Min
13ºC
Poss. de Panc. de Ch

Quarta-feira - Campinas, SP

Máx
24ºC
Min
12ºC
Parcialmente Nublado

Quinta-feira - Campinas, SP

Máx
25ºC
Min
15ºC
Parcialmente Nublado

Decisão proíbe carreata em Ribeirão Preto

Evento desobedece decretos do Estado e Município.   Em decisão de ontem (28) do plantão judiciário da 41ª Circunscrição Judiciária, a juíza Vanessa Aparecida Pereira Barbosa proibiu a realização de carreata em Ribeirão Preto, organizada para este domingo com foco na reabertura do comércio. Os pedidos para proibição foram protocolados pelo Ministério Público e pelo PSOL sob o fundamento de que o evento incitaria a população a desobedecer os decretos 76/20 (Prefeitura) e 64.862/20 (Governo Estadual), ocasionando a agloberação de pessoas, o que iria contra as recomendações de prevenção da Covid-19. “O direito à livre manifestação do pensamento não pode suplantar e nem colocar em risco demais direitos constitucionais”, escreveu a magistrada. E completou: “A carreata em questão, embora em princípio não importe em contato pessoal entre os participantes, implicará em mobilização e movimentação humana altamente inviável e indesejável neste momento”. A juíza destacou que no momento delicado que vivenciamos uma pandemia e em que há normativas prevendo e recomendando, com fundamento em protocolos sanitários consensuais, o isolamento social, “a convocação do ato implica não somente em ilegalidade pelo desrespeito à legislação estadual e municipal, mas na provável prática de crimes contra a saúde e paz públicas”(artigos 268 e 286 do Código Penal). Além da proibição da carreata, também foi determinada a publicação do teor da decisão judicial no grupo de WhatsApp pelo qual o evento foi organizado, com multa de R$ 100 mil por dia em caso de descumprimento. Também foi determinada a busca e apreensão de computados dos administradores do grupo, para apuração da extensão dos ilícitos.    imprensatj@tjsp.jus.br   Siga o TJSP nas redes sociais: www.facebook.com/tjspoficial www.twitter.com/tjspoficial www.youtube.com/tjspoficial www.flickr.com/tjsp_oficial www.instagram.com/tjspoficial
29/03/2020 (00:00)
Visitas no site:  2692407
© 2020 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia